domingo, 21 de outubro de 2018
(61) 9 8132-2082 | (61) 9 8192-1769 | (61) 9 9581-1957
Notícias

14/06/2018 ás 09h33 - atualizada em 29/06/2018 ás 13h19

166

André Luiz

Brasília / DF

Comcast faz oferta de 65 bilhões de dólares para comprar a Fox
Este movimento deve desencadear uma guerra de lances entre Disney e Comcast.
Comcast faz oferta de 65 bilhões de dólares para comprar a Fox
Reprodução: Imagem da Internet

De acordo com a AdWeek, a Comcast fez uma oferta de US$ 65 bilhões de dólares para a 21st Century Fox.


Essa oferta vem depois da aprovação da compra da AT&T sobre a Time Warner por US $ 85 bilhões na última terça-feira, apesar dos esforços da justiça americana para bloquear a fusão entre as duas empresas, a compra foi selada.


Em meados de dezembro, a The Walt Disney Company anunciou que compraria 21st Century Fox, incluindo os estúdios de TV e cinema da 20th Century Fox, juntamente com empresas de TV a cabo e internacionais, por US $ 52,4 bilhões de dólares.


Mas antes do acordo, a Fox já havia recebido uma oferta muito mais alta da Comcast na faixa de US $ 60 bilhões de dólares, mas acabou cancelando as negociações devido as a preocupações antitruste (formação de trustes, cartéis e combinações monopolísticas similares).


Em fevereiro, a Comcast reviveu seu interesse em comprar os ativos da 21st Century Fox, sentindo-se confiante de que poderia evitar complicações que poderiam incorrer em litígios do governo, como no acordo da AT&T / Time Warner. 


Roberts disse que a Comcast se igualaria à taxa de desistência de 2,5 bilhões de dólares da Disney, caso o acordo caia por causa de questões regulatórias.



"Depois de nossas reuniões no ano passado, saímos convencidos de que os negócios da 21CF a serem vendidos são altamente complementares aos nossos e que nossa empresa seria o lar estratégico certo para eles", escreveu Brian Roberts, CEO da Comcast, em uma carta à diretoria da Fox.“À decisão de ontem (12/06) no caso da AT&T / Time Warner, nos dá um tempo limitado antes do encontro de seus acionistas e nosso forte interesse contínuo, temos o prazer de apresentar uma nova proposta em dinheiro que atenda plenamente as preocupações declarados da Diretoria com nossa proposta anterior. ”



As Gigantes


Como a Disney, a Comcast já controla uma grande rede de televisão (NBC), um estúdio cinematográfico (Universal Pictures), vários estúdios de animação (Illumination Entertainment, Dreamworks Animation) e um império de parques temáticos (Universal Studios).


Eles também possuem a segunda maior empresa de TV por assinatura, depois da AT&T, maior empresa de TV a cabo e maior provedora de serviços de internet em casa nos Estados Unidos. Seus conflitos de TV poderiam ser resolvidos, deixando as estações regionais da Fox fora do acordo.


A Comcast, a Disney e a Fox têm seus próprios interesses no gigante de streaming Hulu, então qualquer negócio seria um rival para a Netflix, embora a Disney planeje iniciar seu próprio serviço de streaming separado no outono de 2019.


Acordo da Marvel


No entanto, parte do apelo da Marvel com o acordo com a família Murdoch foi a capacidade de torná-los influentes acionistas da Disney, com o presidente-executivo da 21st Century Fox James Murdoch (filho do presidente executivo Rupert Murdoch) potencialmente herdeiro de uma alta posição na Disney se o acordo for fechado.


No lado cinematográfico, o acordo com a Disney também conta com potencial reintegração dos ativos da Marvel e da Star Wars, enquanto um acordo da Universal não possui tal sinergia.


O acordo da Disney inclui a 20th Century Fox, a Fox Searchlight Pictures, a Fox 2000, a 20th Century Fox Television, a FX Productions, a Fox21, a FX Networks, a National Geographic, a Fox Sports Regional Networks, a Fox Networks Group International, a Star India e os interesses da Fox no Hulu. Sky e Endemol Shine Group.


Fox BroadcastingFox News e Fox Sports não fazem parte do acordo. Com o acordo da Disney, a ideia era que essas três divisões se tornassem uma empresa chamada New Fox


Quando o acordo foi anunciado, também foi revelado que o presidente e diretor executivo da Walt Disney Company, Bob Iger, havia concordado em continuar no cargo até o final do ano de 2021 para supervisionar a transição.

FONTE: AzArtes

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium