Festival

O Festival "Sai da Rede" chega a sua 3ª edição em Brasília

O Festival busca através das inúmeras ferramentas e canais da internet traçar um panorama da jovem música brasileira

28/06/2018 00h17Atualizado há 1 ano
Por: André Luiz
Fonte: AzArtes
303
Reprodução: Foto de Rafa Ramos - ÀTTOOXXÁ
Reprodução: Foto de Rafa Ramos - ÀTTOOXXÁ

O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília – CCBB recebe pela terceira vez o Festival Sai da Rede durante 30 de junho e 1º de julho.

Em sua terceira edição, o festival vem com novidades. Os shows, desta vez, irão acontecer na área externa do CCBB, em um grande palco montado nos jardins e, além de música, a programação conta ainda com a exibição de filmes, no Cinema, e de bate-papos, no Teatro I, ambos também no Centro Cultural. 

Todas as atrações selecionadas e atividades propostas pelos curadores e que compõem a programação do Festival se destacam por fazerem uso da internet como principal meio de divulgação de seus trabalhos.

Nas inúmeras ferramentas e redes disponíveis na web, os artistas do Sai da Rede encontram caminhos de se tornarem conhecidos, muitas vezes de forma espontânea, ora pinçados por pesquisadores e aficionados por novas tendências, ou a partir de estratégias bem elaboradas, porém, sempre de maneira independente.

Neste sentido, o Sai da Rede se transforma em um importante palco para artistas e propostas culturais, que ganham o mundo com seus incontáveis seguidores e fãs, se apresentarem ao vivo, uma vez que se encontram ainda restritos à exposição e performances virtuais em seus canais de vídeo, áudio ou nas redes sociais.

Com uma programação diversificada e formada essencialmente por artistas jovens e politizados, empoderamento feminino, igualdade de gênero, luta contra o racismo e por igualdade social, estão sempre à pauta.

A programação musical do Sai da Rede tem curadoria dos pesquisadores de música brasileira e produtores culturais Amanda Menezes e Pedro Seiler. Na vertente musical do Sai da Rede 2018, em Brasília, estão Baco Exu do BluesAttooxxaRincon SapiênciaMuntchakoLuedji Luna Almério.

Já a curadoria do audiovisual está sob os olhares de Tatiana Leite, Mariana Amaral e Nina Ribeiro.

No audiovisual, serão exibidos A Canção do AsfaltoA Cidade onde Envelheço, “Ensaio Sobre Minha Mãe”, “Eles Voltam”, “Castanha”, Pele Suja Minha Carne e Branco Sai, Preto Fica.

Já os bate-papos serão comandados por Choque de Cultura, com as presenças de Leandro Ramos (Julinho da Van) e Raul Chequer (Maurílio dos Anjos), e por Mulheres na Web, este com as participações de Clara Averbuck, Alexandra Gurgel (Alexandrismos), e Rosa Luz (Barraco do Rosa). Com isso, a programação se estenderá por mais de 10 horas ininterruptas em cada dia de realização.

Programação:

 Shows

Área externa

Sábado, 30 de junho: A partir das 18h: “Baco Exu do Blues”, “Attoxxa” e “Rincon Sapiência

Domingo, 1º de julho: A partir das 17h: “Muntchako”, “Luedji Luna” e “Almério 

Audiovisual

Cinema

Sábado, 30 de junho: Às 14h: “A Canção do Asfalto” e “A Cidade onde Envelheço”. (12 anos); Às 16h: “Ensaio Sobre Minha Mãe” e “Eles Voltam”. (14 anos)

Domingo, 1º de julho: Às 11h: “Castanha”. (14 anos); Às 13h: “Pele Suja Minha Carne” e “Branco Sai, Preto Fica”. (12 anos)

Bate-papos

Teatro I

Sábado, 30 de junho: Às 12h: Choque de Cultura, com Leandro Ramos (Julinho da Van), e Raul Chequer (Maurílio dos Anjos).

Domingo, 1º de julho: Às 15h: Mulheres na Web, com Clara Averbuck, Alexandra Gurgel e Rosa Luz

E neste ano, assim como em 2017 depois de iniciar seu circuito nacional em Brasília, o Festival segue para os CCBB’s de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

O Festival já teve passagens pelos CCBB’s de Brasília nos anos de 2011 e 2017, de São Paulo em 2012 e 2017, do Rio de Janeiro em 2013 e 2017, e Belo Horizonte em 2017. Em Salvador, o festival teve uma edição especial em 2017 na Concha Acústica do Teatro Castro Alves. Ao final deste ano de 2018 e depois de revisitar os quatro CCBB’s, o Sai da Rede vai chegar à sua 12ª Edição.

SERVIÇO:

CCBB Brasília:
Endereço: SCES, Trecho 02, lote 22
Informações: (61) 3108-7600 ou [email protected]
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia para clientes e funcionários do BB, estudantes, maiores de 60 anos, pessoas com deficiência e jovens entre 19 e 25 anos, comprovadamente carentes)
Vendas: Somente na bilheteria do CCBB, aberta de terça a domingo das 9h às 21h, ou no site www.eventim.com.br
Classificação indicativa: 12 anos
Acesso para pessoas com necessidades especiais

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.