Segunda, 24 de setembro de 2018
(61) 9 8132-2082 | (61) 9 8192-1769 | (61) 9 9581-1957
Livro/Quadrinhos

12/07/2018 ás 10h10 - atualizada em 16/07/2018 ás 10h30

351

Filipe Guedes

Brasília / DF

Conheça o livro que inspirou a minissérie Sharp Objects
Sharp Objects é a nova minissérie da HBO
Conheça o livro que inspirou a minissérie Sharp Objects
Imagem da Internet

Impossível ler qualquer livro de Gillian Flynn na tentativa de encontrar uma personagem perfeita. Talvez por conta disso as histórias da autora se tornam mais interessantes, pois se aproximam da realidade comum das pessoas. A sociedade está acostumada a se interessar por histórias de mulheres heroínas com um final feliz que, aliás, também são ótimas. Mas se você leu, assistiu ou conhece Garota Exemplar, deve entender bem o que estou tentando dizer. No último domingo (8), Sharp Objects foi ao ar pela HBO, a adaptação é baseada em Objetos Cortantes, primeira obra literária publicada por Flynn.


Em Objetos Cortantes, Camille Preaker é uma jornalista de Chicago e, precisa retornar à Wind Gap, sua cidade natal, para investigar o assassinato de duas garotas, cometido por um possível assassino em série.


Para solucionar os crimes, Camille deve mergulhar em seu passado e também reviver os dramas familiares não resolvidos com sua mãe que rejeita seu retorno e sua misteriosa meia irmã. As investigações definirão não só o destino da cidadezinha aparentemente sossegada, mas a própria identidade de Preaker. As buscas criminais caíram nas mãos erradas. O passado da jornalista a tornou uma mulher alcoólatra, desequilibrada e com problemas psicológicos.


Gillian faz de seu primeiro romance policial um jeito de dar espaço e sentido à personagens desequilibrados. Objetos Cortantes do início ao fim apresenta diversas reviravoltas, um tipo de história onde não há inocentes.


Nas primeiras tentativas de publicação de Objetos Cortantes, Gillian ouviu dos editores que as pessoas queriam ler sobre mulheres heroínas. Flynn escreve sobre garotas fortes, mas suas personagens possuem personalidades peculiares, talvez longe de serem vistas como uma Mulher Maravilha, por vezes vilãs de sua própria história. A minissérie Sharp Objects, dos diretores de Corra e Big Little Liers, estrelada por Amy Adams (Liga da Justiça) como Camille Preaker.

FONTE: Azartes

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Filipe Guedes

Filipe Guedes

Blog/coluna Um viajante literário. Um leitor incurável.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium