TEATRO

A comédia ganha os palcos de Brasília

Dois espetáculos sobre o gênero vão estar em cartaz no IESB da Asa Sul .A entrada será gratuita

05/11/2019 12h07Atualizado há 1 semana
Por: André Luiz
Fonte: AzArtes
19
As Centenárias
As Centenárias

A arte invade o espaço universitário durante o mês de novembro. O curso de Teatro do Centro Universitário IESB irá promover o IESB em Cena, que contará com diversas montagens encenadas pelos próprios alunos. Uma das tramas que será tratada é a obra “As Centenárias ou O Filho da Morte”, de autoria do diretor e ator Newton Moreno. Criada, inicialmente, para ser interpretada pelas atrizes Marieta Severo e Andrea Beltrão, a obra mescla drama e comédia para mostrar a visão de uma comunidade do sertão nordestino sobre a vida após a morte.  Sob direção do professor Dênis Camargo de Oliveira (artista-docente), a peça ganhará novo ar com os universitários. A apresentação será nos dias 27 e 28 de novembro, às 20h, no auditório do Campus do IESB Sul, e a entrada é franca.

Segundo Camargo, ao ler a obra, não pôde resistir à linguagem e temática regionalistas presentes no texto. Os elementos da cultura popular e as raízes nordestinas presentes no texto e que recordam as obras de Ariano Suassuna foram fatos que aumentaram a vontade do professor de trabalhar com o tema em sala de aula. “No imaginário popular do interior do Brasil não faltam lendas de comunicação com o ‘outro lado’, com os desencarnados”, avalia o professor, entusiasmado com a obra.

“As Centenárias ou Filho da Morte” é uma peça teatral tragicômica que traz as personagens Socorro e Zaninha. Elas são duas carpideiras tradicionais responsáveis pela passagem dos mortos que lutam pela própria sobrevivência. O espetáculo possui dois planos temporais: um no passado e outro no presente. No atual, as centenárias aguardam o corpo de um moribundo para realizarem a sua função. Enquanto o morto não chega, elas relembram alguns velórios marcantes e ainda revelam suas artimanhas para enganar a morte.

De acordo com a coordenadora do curso de teatro do IESB, Lenka Neiva de Souza, essa etapa do curso garante uma ampla experiência prática e profissional aos alunos. Eles ficam responsáveis por todo o processo de produção da peça, sob a coordenação do professor da disciplina. “É o momento em que eles vão vivenciar tudo aquilo que aprenderam durante o curso. Como diretores, que criam toda a concepção de um espetáculo, por exemplo. Além disso, eles vão atuar conceber cenário, figurino, iluminação, tudo”, detalha.

Mais comédia

Conter o riso vai ser uma tarefa difícil para quem decidir assistir à peça Toc Toc. Produzida pelos alunos do sétimo semestre de Teatro do IESB, a obra trabalha como tema o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), que pode se manifestar de várias formas. Na trama, os personagens irão se conhecer em uma sala de espera no consultório. Todos sofrem do transtorno e, ao longo da peça, situações cômicas ocorrem à medida que cada paciente demonstra a peculiaridade de sua patologia.

A direção está sob responsabilidade da professora Liliane Rímoli. Ela conta que aproveitou muito o processo de trabalho com os alunos e, por ter sua experiência acadêmica mais focada em obras realísticas, acredita ter contribuído para a produção de um espetáculo que caminha tanto pela comédia como pela realidade. “Eu quis fazer algo bem diferente. Algo clean, que não é totalmente realista, mas com um pé nesse gênero”, explicou. A “Toc Toc” será apresentada nos dias 21 e 22 de novembro, às 20h, no auditório do Campus da Asa Sul.

IESB em Cena

Primeira semana:

Data: de 11 a 13 de novembro

Horário: A partir das 20h

Local: IESB Asa Sul - SGAS Quadra 613/614 - Asa Sul, Brasília

Entrada: Gratuita e aberta ao público

Segunda semana:

Data: de 18 a 22 de novembro

Horário: A partir das 20h

Local: IESB Asa Sul - SGAS Quadra 613/614 - Asa Sul, Brasília

Entrada: Gratuita e aberta ao público

Terceira semana:

Data: de 25 a 29 de novembro

Horário: A partir das 20h

Local: IESB Asa Sul - SGAS Quadra 613/614 - Asa Sul, Brasília

Entrada: Gratuita e aberta ao público

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.