Quarta, 30 de Setembro de 2020
(61) 9 8132-2082 | (61) 9 8192-1769
Livro/Quadrinhos Adaptação

"Pecadora" e "Além do Olhar" vão sair das páginas dos livros e irão ganhar vida nas telas

Ainda não possui data de estreia nem mesmo em qual “plataforma” ocorrerá as adaptações

30/07/2020 23h45 Atualizada há 2 meses
167
Por: Filipe Guedes Fonte: AzArtes
Reprodução: Imagem da Internet
Reprodução: Imagem da Internet

Histórias controversas sempre chamam atenção. Nos últimos dias foi confirmada a adaptação audiovisual dos romances eróticos de Nana Pauvolih.

"Pecadora" e "Além do Olhar" vão sair das páginas dos livros e irão ganhar vida nas telas.

Ainda não foi confirmado se as adaptações da escritora brasileira vão para as telas de cinema, tv ou para os serviços de streamings. As gravações irão ser feitas pela Galeria Distribuidora.

Nana Pauvolih nasceu no Rio de janeiro e é professora de história. Em 2012 começou a publicar contos eróticos na internet. Pecadora foi publicado em 2017. O romance narra a história de Izabel, uma jovem religiosa, casada com um namorado de adolescência, mas isso muda quando a personagem conhece Enrico, um homem que desperta os seus desejos mais secretos.

No ano seguinte, a autora publicou "Além do Olhar", onde conta a história de Ramon Martinez, um violoncelista, vítima de uma tragédia que o deixa paraplégico aos 28 anos de idade. Mesmo após tempos em busca de se adaptar a essa nova realidade, ele percebe que ainda está vivo apenas quando conhece Marcella Galvão, uma atriz que está no auge de sua carreira. Os dois vão descobrir fantasias inimagináveis e, em meio disso, quebrar preconceitos e paradigmas internos e externos.

Apesar de ainda não possuir data de estreia e sem um elenco definido, os fãs da maior escritora de romances eróticos nacionais da atualidade já podem se preparar e tentar apostas para saber quem vai dar vida esses personagens complexos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias