Sábado, 24 de Outubro de 2020
(61) 9 8132-2082
Brasília Diversão

Pedalinho do Parque da Cidade está reativado após décadas de abandono

Revitalização do espaço, que marcou gerações de brasilienses, será legado de festival inédito no país

12/10/2020 21h07 Atualizada há 2 semanas
184
Por: Redação
Divulgação Croqui Flutua
Divulgação Croqui Flutua

O Novo Pedalinho será inaugurado no dia 30 de setembro, na sessão de estreia do Flutua, evento inédito no país que irá promover, no período até o dia 31 de outubro, festival música, cinema e teatro a bordo de boias gigantes de bichos ancorados no laguinho do parque. Público poderá concorrer a ingressos para o filme Titanic (estreia) no instagram oficial do festival: @festivalflutua

 

Localizada no estacionamento dez do Parque da Cidade (DF), o maior da América Latina, a área dos pedalinhos ganhou novas estruturas e instalações coloridas, divertidas e sustentáveis. O Novo Pedalinho também passou a ter caiaques, nova iluminação e um pier feito de madeira plástica ecológica. Isso foi realizado a partir da parceria público-privada entre a administração do Parque da Cidade e o Festival Flutua.

 

Responsável pelo projeto, a arquiteta e designer de interiores Renata Cortopassi explica que a intenção da reforma é mesclar diversão e arte com bens duráveis, sustentabilidade e custo-benefício a partir do reaproveitamento de materiais.

"Essa reforma tinha que ser muito divertida para realmente trazer vida de volta àquele lugar que há tanto tempo estava abandonado. E para contrapor essa sensação de abandono, eu propus utilizarmos as mesmas cores do evento na identidade visual: rosa, amarelo e azul", comenta.

 

Acessibilidade e sustentabilidade

 

Além de cores, formatos e texturas, o piso também foi adaptado com rampas de acesso para cadeirantes. Já o pier, foi reconstruído com madeira sustentável. Também assinado pelo Studio Renata Cortopassi, o Novo Pedalinho ganhou iluminação de LED, que garante a economia de energia, e postes de luz miniaturas, que além de mais segurança, também decoram e dão um toque de sofisticação e bem-estar ao local.

 

"O pier estava muito perigoso e em uma condição muito precária. Foi refeito com uma madeira plástica, que é um material 100% reciclado, que vem de uma indústria super limpa que aproveita resíduos industriais de fábricas de papel. Esta madeira é toda feita a partir do aproveitamento de resíduos plásticos, que são ótimos e que contam com uma cobertura que imita a madeira, mas que é muito mais durável e de difícil desgaste", explica.

 

Na avaliação de Igor Shiratori, assessor do Parque da Cidade, a iniciativa não só atende aos anseios da população e da administração do Parque da Cidade, mas também à necessidade de alternativas seguras de lazer em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

 

"Dentro desse contexto, quando nos foi apresentado o projeto Flutua, vimos uma excelente oportunidade para realizar um evento diferente de tudo o que já aconteceu, e que além de movimentar o cenário dos eventos com essa inovação, traz a nostalgia da época em que nosso lago era navegado pelos pedalinhos.", aprova.

 

Pedalinho do Parque da Cidade

Data: até 31 de outubro

Horário: manhã e tarde, fora dos horários do Festival Flutua Brasília

A partir de novembro, em tempo integral

Pedalinho: R$ 50 (para 2 pessoas)

Caiaque Duplo: R$ 40 (para duas pessoas)

Caiaque simples: R$ 20

*Desconto de 50% para quem já tiver ingressos do evento

Festival Flutua Brasília

Data: 1º a 31 de outubro

Horários: de segunda à quinta, das 18h às 0h30 e nos finais de semana, das 15h às 2h

Local: Parque da Cidade (altura do estacionamento 10)

Ingressos: R$ 70 para duas pessoas, e R$ 140 para quatro pessoas (de segunda a quinta); R$ 80 para duas pessoas, e R$ 160 para quatro pessoas (sexta, sábado e domingo)

Informações: @festivalflutua (instagram)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mais lidas
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias